Universidade 06/08/2022 09:00

UFRN realiza licitação para reforma da antiga Faculdade de Direito

O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta, 5, e o edital e demais anexos podem ser acessados no Portal de Compras do Governo Federal.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe, a partir desta sexta-feira, 5, propostas para a contratação, por meio de licitação, de obra de restauro e reforma do prédio do antigo Grupo Escolar Augusto Severo, destinado ao Centro de Extensão, Cidadania e Cultura da UFRN.

O aviso de licitação foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta, 5, e o edital e demais anexos podem ser acessados no Portal de Compras do Governo Federal.

A abertura das propostas está agendada para o dia 26 de agosto.

A licitação acontecerá na modalidade de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), aberta à participação de interessados cujo ramo de atividade seja compatível com o objeto a ser contratado, e que estejam com credenciamento regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf).

Mais informações podem ser obtidas no edital ou pelo e-mail licitacaoufrn@gmail.com, ou ainda pelos telefones (84) 99193-6375 e (84) 99193-6071.

Localizado no bairro da Ribeira, o prédio do Grupo Escolar Augusto Severo é, desde 2010, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e está inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas.

A UFRN desenvolveu projetos para o restauro e os recursos recebidos foram destinados à elaboração de outra parte dos projetos, os quais já foram concluídos e aprovados pelo Iphan.

Os recursos para execução da obra foram liberados em maio deste ano pelo Ministério da Educação (MEC), na ordem de R$ 5 milhões.

O Centro de Extensão, Cidadania e Cultura da UFRN contribuirá para a formação técnica e cidadã da população e para a sua inserção no mundo do trabalho; para promover conhecimento sobre a história da educação, do direito e do valor patrimonial do edifício; para ampliar o acesso da população às artes e à cultura, além de contribuir para a revitalização do Centro Histórico de Natal.

Histórico

Integrante do conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico de Natal, o prédio do Grupo Escolar Augusto Severo foi inaugurado em 1908, sendo o primeiro estabelecimento do gênero do estado para práticas de ensino infantil.

Em torno de 1914, o prédio passou por sua primeira ampliação e iniciou-se um novo período de protagonismo para o edifício, com a instalação de outro estabelecimento de ensino também pioneiro no estado: a primeira Faculdade de Direito do RN.

Como os espaços não eram suficientes para atender às demandas, entre 1957 e 1960, foram realizadas reformas e construído um novo pavilhão, com dois pavimentos (térreo e primeiro andar).

De estilo modernista, essa nova edificação também se alinhava à vanguarda arquitetônica e artística da época, como tinha ocorrido com o prédio eclético do início do século.

Após a constituição da UFRN, em 1960, a propriedade do Grupo Escolar Augusto Severo foi transferida para o Patrimônio da União.

Em 1973, a Faculdade de Direito foi transferida do prédio da Ribeira para o Campus Universitário da UFRN, com nova estrutura criada para abrigar as diferentes unidades acadêmicas da instituição. Encerrava-se, assim, a trajetória de 65 anos de ocupação do prédio da Ribeira como estabelecimento de ensino.

Na sequência, o prédio foi utilizado para acomodar repartições públicas, com períodos de desocupação.

Fonte e foto: Portal da UFRN

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista