Judiciário 17/07/2021 09:48

Cooperação entre a JFRN e o TRT 21 viabiliza acordo coletivo da Urbana com o SINDLIMP

Os trabalhadores da Urbana receberão 5,45% de reajuste salarial, já aplicado no pagamento deste mês de julho e com as diferenças de março a junho pagas em cinco parcelas, a partir de agosto até dezembro.

Os trabalhadores da Urbana receberão 5,45% de reajuste salarial, já aplicado no pagamento deste mês de julho e com as diferenças de março a junho pagas em cinco parcelas, a partir de agosto até dezembro.

Essa medida só foi possível em razão da mediação estabelecida no âmbito do CEJUSC do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, em cooperação com o Juízo da 6ª Vara Federal da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, que culminou com a celebração de acordo coletivo entre a Urbana e o Sindlimp.

“Diante da ‘governança judicial’ instaurada sobre a Urbana no âmbito de processo estrutural que tramita na 6ª Vara Federal e da necessidade de se garantir que o novo acordo coletivo que rege os trabalhadores da Urbana tenha sustentabilidade econômica e jurídica, solicitamos a cooperação do CEJUSC do TRT 21, tendo em vista a expertise técnica do órgão em relação à matéria trabalhista, bem como a adequação de uma instância de mediação para construirmos uma solução conciliatória para o impasse entre a categoria, a empresa e o Município de Natal”, explicou o Juiz Federal Caio Diniz Fonseca.

O acordo coletivo, que segue para homologação do Ministério da Economia, foi celebrado após duas audiências, que contaram com a participação do Magistrado Federal e dos Juízes do Trabalho Simone Medeiros Jalil e Alisson Almeida Lucena, do CEJUSC/TRT21.

Participam ainda a secretária de administração municipal, Adamires França, além do presidente do SINDLIMP, Fernando Lucena, e do representante da Urbana Joseildes Medeiros, acompanhados de suas respectivas assessorias jurídicas.

Fonte: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista