Emprego 21/06/2021 17:46

Desemprego e inflação: Brasil tem 2ª maior sensação de mal-estar entre 38 países

Estudo do Ibre-FGV mostra que o Brasil só perde para a Turquia; as perspectivas para o país não são boas

Com desemprego elevado e inflação em alta, o Brasil ocupa a segunda posição em um ranking que mede o mal-estar em 38 países.

De acordo com o estudo compilado pelo Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre-FGV), o país tem 19,83% de desconforto econômico e só perde para a Turquia, que chegou a 26,28%.

Em entrevista à CNN Rádio nesta segunda-feira (21), o pesquisador Daniel Duque, responsável pelo estudo, explicou quais parâmetros levaram o Brasil a amargar a segunda colocação. “Esse indicador que a gente chama de índice de desconforto é a combinação da inflação e desemprego, é como se traduz mais diretamente para a população o impacto de uma situação de crise econômica”, disse.

Duque ressaltou que o Brasil tem uma particularidade em relação ao país líder do ranking. “Importante dizer que o Brasil está com esse indicador piorando ao longo do tempo, ao contrário da Turquia, principalmente no primeiro trimestre de 2021.”

Segundo Duque, a tendência para os próximos meses é de piora: “No caso do Brasil, veremos pioras nos próximos meses nos dois quesitos, o mercado prevê altas na inflação e no caso do desemprego, veremos piora bastante elevada.”

Deu em CNN
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista