Empresas 20/05/2021 09:07

Projeto Inova vai impulsionar potencial de municípios do Seridó

Sebrae e prefeituras de quatro cidades da região do Seridó potiguar vão desenvolver ações para fortalecer os negócios a partir da inovação com foco em potencialidades locais, como o turismo

O Sebrae no Rio Grande do Norte definiu como uma das estratégias para este ano, promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável de pequenos negócios e estimular o empreendedorismo em cidades do Seridó com potencial turístico.

Em parceria com quatro municípios da região, a instituição vai implementar o Projeto Inova, uma iniciativa em parceria com prefeituras locais que visa impulsionar os atrativos dessas localidades a partir do fortalecimento das micro e pequenas empresas estabelecidas nessas cidades.

A proposta é difundir a cultura da inovação e ampliar as oportunidades de geração de renda e novos negócios. A parceria já foi viabilizada para implantação do projeto nos municípios de Ipueira, Parelhas, São João do Sabugi e Carnaúba dos Dantas , este último em fase de adesão ao Acordo de Cooperação Técnica e Financeira.

Os investimentos nesse projeto somam cerca de R$ 850 mil, valor que pode aumentar em caso de adesões de novos municípios.

Um dos principais eixos do programa são a capacitação das empresas e a instalação de Salas do Empreendedor nessas cidades, norteado pela ideia de aliar desenvolvimento do setor produtivo local às políticas públicas de suporte às atividades empresariais, já que a Sala do Empreendedor funciona como um ambiente de desburocratização, simplificação e atendimento àqueles que fazem a economia do município girar.

A maior parte dos recursos do projeto será aplicada pelo Sebrae, com contrapartida das prefeituras.

Todas as ações serão subsidiadas e os empreendedores terão acesso a serviços tecnológicos, apenas em caso de contratação de consultorias especializadas, com descontos que variam entre 70% e 90%, custeados pelo Inova. Isso significa que o empresário vai arcar com, no máximo, 30% do valor integral do serviço, uma economia e tanto nesse período de escassez de recursos.

O projeto passa a oferecer atendimento gratuito a esses empreendedores, através do programa Agentes Locais de Inovação (ALI).

Os agentes farão acompanhamento das empresas durante quatro meses, com atendimento individualizado.

Além disso, serão disponibilizados ao menos quatro cursos, quatro oficinas e encontros empresariais, conforme demandas e particularidades de cada município.

Em caso de a empresa necessitar de soluções mais complexas, o Projeto Inova vai ofertar um portfólio de consultorias disponíveis no Escritório Regional do Sebrae no Seridó Ocidental, que fica em Caicó.

Esses serviços, no entanto, serão subsidiados para não pesar tanto no bolso do empresário.

Deu no Portal do Sebrad

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista