Economia 18/04/2021 06:26

Na pandemia, classe média diminui e chega a ‘tamanho’ da classe baixa

Caiu de 51% em 2020. Para 47% em 2021. Equivale a classe baixa. 6 em 10 perdem renda

Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva mostra que a pandemia do novo coronavírus encolheu o tamanho da classe média ao menor patamar em mais de 10 anos em relação ao total da população.

O estudo identificou que o percentual da população brasileira pertencente à classe média tradicional caiu de 51% em 2020 para 47% em 2021, equiparando-se à classe baixa, que também representa 47% da população.

O levantamento, divulgado neste sábado (17.abr.2021), considera como classe média famílias com renda mensal por pessoa de R$ 667,87 a R$ 3.755,76. Leia a íntegra (1,3 MB).

Segundo o Locomotiva, a classe média já representou 54% da população brasileira em 2011.

Em números absolutos, este estrato social tinha 100,1 milhões de pessoas em março de 2021, contra 105 milhões no mesmo período de 2020. Ou seja, a crise trazida pela pandemia empurrou 4,9 milhões de brasileiros da faixa intermediária de renda para a classe baixa.

A pesquisa mostra que 6 em cada 10 brasileiros de classe média afirmam ter tido perda de renda no último ano. São 19% as famílias de classe média que estão sobrevivendo com metade ou menos da metade da renda de antes da pandemia

O Locomotiva fez o estudo com base nos dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), POF (Pesquisa de Orçamentos Familiares) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Deu no Poder360

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista