Uncategorized 20/10/2020 17:16

Presidente do Sindipesca-RN presidirá a Associação Nacional PescaBR

A defesa dos recursos pesqueiros e do aumento da competitividade sustentável do setor de pesca no Brasil ganha um novo alento com a PescaBR – Associação Nacional dos Adrmadores e Proprietários de Barcos de Pesca. Criada no ultimo dia 15 de outubro, por meio de Assembleia Geral, a PescaBR já conta com 150 associados e deve, até o final de novembro, concluir a criação do Comitê Científico e dar posse as diretorias regionais.

A defesa dos recursos pesqueiros e do aumento da competitividade sustentável do setor de pesca no Brasil ganha um novo alento com a PescaBR – Associação Nacional dos Adrmadores e Proprietários de Barcos de Pesca. Criada no ultimo dia 15 de outubro, por meio de Assembleia Geral, a PescaBR já conta com 150 associados e deve, até o final de novembro, concluir a criação do Comitê Científico e dar posse as diretorias regionais.

O presidente do Sindipesca – Sindicato da Indústria de Pesca do Estado do Rio Grande do Norte filiado à FIERN -, Gabriel Calzavara, foi eleito para presidir a entidade.

Ele explica que, com a pandemia de Covid-19, o setor enfrenta dificuldades e a desassistência de políticas públicas, o que levou armadores e proprietários de embarcações de pesca extrativista marinha se unirem em um movimento que cresceu e deu origem a Associação.

“O setor de pesca no Brasil vive um novo momento com os armadores e proprietários de barcos, responsáveis pela produção de pesca extrativa marítima, construindo soluções para o setor, apontando caminhos com base em dados e estudos para ampliar a capacidade competitiva”, disse Gabriel Calzavara.

A PescaBR busca evidenciar e incluir o segmento empresarial de armadores industriais e artesanais e proprietários de barco nas discussão e elaboração de ações e políticas públicas, defender os recursos pesqueiros do país e aumentar a competitividade de forma sustentável, dando direcionamento àqueles que produzem e são responsáveis por abastecer a cadeia produtiva da pesca (frigoríficos, restaurantes, hotéis e indústrias de beneficiamento).

Em todo o Brasil, são mais de 40 mil embarcações – industriais e artesanais – responsáveis pela pesca extrativa que produz cerca de 700 a 800 mil toneladas de pescado ao ano.

Deu no Portal da Fiern

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista