Saúde 07/04/2020 11:36

OMS quer saída do isolamento de forma “calibrada e gradual”

O chefe do programa de emergências da OMS (Organização Mundial da Saúde), Mike Ryan, afirmou que países que querem afrouxar suas estratégias de quarentena contra a pandemia do coronavírus devem usar uma abordagem “calibrada e gradual”, sem remover todas as restrições de uma vez.

O chefe do programa de emergências da OMS (Organização Mundial da Saúde), Mike Ryan, afirmou que países que querem afrouxar suas estratégias de quarentena contra a pandemia do coronavírus devem usar uma abordagem “calibrada e gradual”, sem remover todas as restrições de uma vez.

Segundo Ryan, países deveriam ter 1 plano de transição para cancelar as medidas, para manter a disseminação do coronavírus em níveis administráveis.

“O isolamento está diminuindo a [disseminação] da doença. Uma vez removidas as restrições, é preciso ter 1 método alternativo para conter a infecção”, disse Ryan, explicando que os países devem ter sistemas implementados para detectar casos, retraçar contatos, identificar casos suspeitos que precisem de quarentena e realizar testes em massa.

Deu na Deutsche Welle/Poder360 

 

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista