Sem categoria 29/06/2017 04:23

CCJ do Senado aprova texto da reforma trabalhista

Após mais de 13 horas de discussão, o parecer da reforma trabalhista foi aprovado, com 16 votos favoráveis, 9 contrários e uma abstenção, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal às 23h20 desta segunda-feira (28/6). O texto deve ir ao plenário da Casa na semana que vem, última fase antes de ser sancionado pelo presidente Michel Temer.

Após mais de 13 horas de discussão, o parecer da reforma trabalhista foi aprovado, com 16 votos favoráveis, 9 contrários e uma abstenção, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal às 23h20 desta segunda-feira (28/6).
O texto deve ir ao plenário da Casa na semana que vem, última fase antes de ser sancionado pelo presidente Michel Temer.
De relatoria do líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), o texto prevê mais de 100 mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).
Apesar de a matéria ter recebido mais de 200 emendas na CCJ, Jucá não propôs nenhuma alteração em relação ao que foi enviado pela Câmara dos Deputados.
A CCJ foi a terceira e última comissão a analisar a reforma.
Relator das duas anteriores, de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS), Ricardo Ferraço (PSDB-ES) sugeriu que o presidente Michel Temer vete ou regulamente por medida provisória pelo menos seis pontos da reforma.
Deu no Correio Braziliense
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista