Fome 08/07/2022 08:56

PT admite impacto eleitoral da PEC dos Benefícios

Cúpula do partido acredita que a aprovação do texto deve beneficiar Jair Bolsonaro

A cúpula do PT já admite que a PEC dos Benefícios impactará o cenário das eleições presidenciais a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL). A informação é da âncora da CNN Daniela Lima.

Fontes ligadas à pré-campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentam avaliar o tamanho do impacto e se ele durará até outubro, quando ocorrerá o primeiro turno do pleito.

Após a oposição ter explorado a queda do poder de compra da população, a cúpula do PT avalia não ser possível trabalhar para travar a PEC, já que essa vai distribuir dinheiro para quem está passando fome.

Por isso, a campanha do ex-presidente adotará o discurso de que Bolsonaro está beneficiando a população pobre apenas com o intuito eleitoral, ao passo que Lula sempre teria se preocupado com essas pessoas. Além disso, o PT reforçará que o benefício tem prazo de validade de três meses, indo até dezembro.

A proposta, que despeja, no mínimo, R$ 41 bilhões para pessoas com renda de até dois salários mínimos, deve ser votada ainda nesta quinta-feira (7) na Câmara dos Deputados. Para aliados de Bolsonaro, a proposta liquida o risco de Lula ser eleito no primeiro turno.

Deu em CNN

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista