Mulheres 03/07/2022 07:30

PSDB Mulher vai apresentar sua chapa feminina para deputadas federais e estaduais na próxima semana

O partido que mais cresce no Rio Grande do Norte focará em um lema em 2022: “Vote em mulheres”

O segmento do PSDB Mulher Potiguar reunirá suas prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, ex-prefeitas e militantes na próxima terça-feira (5), às 14h30 na Sede do partido Estadual, que fica no bairro Tirol.

O foco da reunião extraordinária será apresentar a chapa feminina que concorrerá às vagas na Câmara dos Deputados e também na Assembleia Legislativa.

Com o tema: “A Força da Mulher Potiguar”, o partido que mais cresce no Rio Grande do Norte focará em um lema: “Vote em mulheres”.

“Estamos buscando visibilidade às pré-candidaturas do PSDB, que construiu a maior nominata e irá apresentar na Convenção Estadual, que deve acontecer até o fim deste mês. No PSDB do RN não haverá candidaturas fictícias de mulheres, apenas para cumprir a cota mínima de 30% determinada por lei. Vamos ter três nomes que concorrerão a deputada federal e também estamos viabilizando cerca de sete mulheres para concorrer a Assembleia Legislativa”, informa Isa Carneiro, que assumiu recentemente o segmento do PSDB Mulher Potiguar, e também integra a Comissão da Federação PSDB/Cidadania, composta por 11 membros dos dois partidos.

Nas inserções partidárias do PSDB no mês passado, o partido abriu espaços para todas as pré-candidatas da sigla que vão concorrer nas Eleições 2022.

O movimento pretende se expandir e unir candidaturas femininas tucanas e também somando com o Cidadania.

“Reverter a baixa participação da mulher nos espaços da política e de decisão é um processo que o PSDB apoia e vai unir nomes fortes e de conceito para apresentar ao eleitorado”, defende Isa Carneiro, que já foi vereadora e vice-prefeita de Cruzeta, na região do Seridó.

No Rio Grande do Norte, 53% do eleitorado é feminino.

“Estatísticas oficiais do TRE/RN comprovam que por falta de opção em 2018, mais de 350 mil eleitores votaram branco e anularam o voto para deputado federal no Rio Grande do Norte. Só isso elegeria dois representantes em Brasília, das oito vagas a que o nosso Estado tem direito. Para a Assembleia Legislativa, 208 mil pessoas foram para a fila votar, mas não escolheram nenhum nome para deputado estadual. Elegeria três cadeiras.  Então a ideia de defender ‘Vote em Mulheres’ é uma estratégia de furar a bolha, tendo em vista esse contexto de baixa representatividade feminina”, afirmou a representante do PSDB Mulher.

Ela alertou, ainda, para o crescimento da violência política de gênero, o que demanda mais ações coletivas como resposta.

“A política é feita de disputas de narrativas e isso está sendo demonstrado no cotidiano. O PSDB vai apresentar mulheres que são profissionais de saúde, como a médica Dra. Júlia Ferreira e Engracia Alves, da Cooperativa de Médicos Ortopedistas do Rio Grande do Norte. Também temos a influencer digital, Leila Maia, que foi idealizadora do projeto social Ponte da Vida, combatendo o suicídio.

Com a bandeira da educação e evangélica, a professora Thaysa Barbosa. Temos ainda a advogada que atua em um dos segmentos da OAB/RN, Dra. Karina Pereira. Vereadoras atuantes Delkiza Cavalcante (Vale do Açu) e Wanderleya Firmino (Litoral Norte).

Além da vice-prefeita Juliana Dantas de São Bento do Trairi e a Subtenente Luciene da Companhia Feminina, que faz um grande trabalho na Patrulha Maria da Penha, acompanhando mulheres em situação de violência doméstica e familiar”, finaliza Isa Carneiro.

Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista