Consumidor 21/04/2022 11:45

‘Não me perturbe’: Plataforma atinge 5 milhões de inscritos

Plataforma tem objetivo de coibir ligações abusivas de telemarketing

A plataforma “Não me perturbe”, que faz parte do sistema de autorregulação do consignado, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), já tem mais de 5 milhões de pessoas inscritas.

Na plataforma, os consumidores podem proibir que instituições financeiras e correspondentes bancários façam contato proativamente para oferecer crédito consignado.

Entre 2 de janeiro de 2020 e 28 de março de 2022, 2.813.283 solicitações de bloqueios de telefone para o recebimento de ligações de oferta indesejadas sobre crédito consignado foram solicitados.

Já os pedidos de bloqueio feitos a todas as instituições financeiras somaram 2.195.903.

As instituições informam que a maioria dos pedidos de bloqueio de telefone partiu de consumidores de cidades da região Sudeste (53,61%).

A região Sul responde por 18,09% do total de pedidos, seguida pelo Nordeste (14,42%). Centro-Oeste e Norte respondem por 10,45% e 3,42% dos pedidos, respectivamente.

O estado de São Paulo, com 828.877 pedidos de bloqueio de ligações de telemarketing, lidera o indicador no país, seguido por Minas Gerais (320.713) e Rio de Janeiro (302.028).

De acordo com a Febraban, para fortalecer o “Não me perturbe” e reduzir as reclamações de consumidores que são importunados com ligações indesejadas, os bancos rejeitam propostas de contratação de consignado encaminhadas por correspondentes em nome de consumidores cadastrados na plataforma.

Como se inscrever

  • Acesse o site do “Não me perturbe” (https://www.naomeperturbe.com.br/)
  • Clique em “Solicitar Bloqueio”
  • Caso seja o primeiro acesso, clique na opção de criar cadastro
  • Informe seu nome completo, CPF e e-mail e crie uma senha de acesso
  • Confirme o cadastro pelo e-mail de validação
Deu em IG
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista