Política 29/03/2022 08:40

Ministro da Educação, Milton Ribeiro é exonerado após denúncias de corrupção

eiro, que já teve sua demissão publicada em edição do Diário Oficial na tarde desta segunda, vinha enfrentando pressão política para que deixasse o posto após reportagens apontarem suposto tratamento preferencial a pedidos de liberação de recursos do MEC por meio da intermediação de dois pastores, o que teria ocorrido, inclusive, a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi exonerado do cargo nesta segunda-feira após acusações de corrupção envolvendo a intermediação de pastores para a liberação de recursos da pasta.

Ribeiro, que já teve sua demissão publicada em edição do Diário Oficial na tarde desta segunda, vinha enfrentando pressão política para que deixasse o posto após reportagens apontarem suposto tratamento preferencial a pedidos de liberação de recursos do MEC por meio da intermediação de dois pastores, o que teria ocorrido, inclusive, a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

“Tenho plena convicção que jamais realizei um único ato de gestão que não fosse pautado pela legalidade, pela probidade e pelo compromisso com o erário. As suspeitas de que foram cometidos atos irregulares devem ser investigadas com profundidade”, afirmou Ribeiro, em carta de renúncia publicada no Twitter, lembrando que partiu dele a iniciativa de acionar inicialmente a Controladoria Geral da União (CGU) para apurar denúncias.

Deu em Money Times

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista