Guerras 21/03/2022 18:53

Sobrevivente do Holocausto de 96 anos morre após ataque russo, diz instituto

Boris Romanchenko teria sido morto em um à cidade de Kharkiv na última sexta (19)

Boris Romanchenko, 96, sobreviveu a quatro campos de concentração nazistas, mas sua vida foi encerrada na sexta-feira (18) por um ataque russo em Kharkiv, segundo o instituto memorial de Buchenwald.

O instituto disse em uma série de tweets que, de acordo com sua neta, Romanchenko estava morando em um bloco de apartamentos em Kharkiv que foi atingido durante um ataque russo.

O grupo disse que Romanchenko sobreviveu aos campos de concentração de Buchenwald, Peenemünde, Dora e Bergen-Belsen durante a Segunda Guerra Mundial. O instituto declarou estar “atordoado” com a notícia da morte.

Romanchenko trabalhou “intensamente na memória dos crimes nazistas e foi vice-presidente do Comitê Internacional Buchenwald-Dora”, dizia o comunicado emitido.

Em 2012, Romanchenko participou de um evento que relembra a libertação de Buchenwald, onde leu um juramento dedicado a “criar um novo mundo onde reinem a paz e a liberdade”, disse o memorial.

Em 2018, um jornal de Kharkiv relatou sua visita a Buchenwald no 73º aniversário da libertação do campo pelas forças dos EUA, dizendo: “O evento contou com a presença dos últimos prisioneiros sobreviventes de Buchenwald da Ucrânia e de Belarus – Borys Romanchenko de Kharkiv, Oleksandr Bychok de Kiev e Andriy Moiseenko de Minsk.”

A Rússia nega que ataque alvos civis e afirma que sua operação é focada na destruição de estruturas militares.

Deu em CNN

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista