Governo Federal 19/03/2022 14:00

Em Natal (RN), MDR participa do I Encontro dos Municípios-Polo do G52

Evento promovido pela Sudene será realizado nos dias 21 e 22 de março e contará com a participação do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, na cerimônia de abertura

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), promove, nos dias 21 e 22 de março, o I Encontro dos Municípios-Polo do G52.

O evento será realizado na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, e contará, na cerimônia de abertura, com a participação do ministro Rogério Marinho.

O evento vai reunir os 52 municípios que integram a rede de cidades intermediárias criada pela Sudene para viabilizar a interiorização de ações de desenvolvimento regional.

A proposta é criar uma oportunidade para viabilização de parcerias e intercâmbio de experiências na gestão municipal, proporcionando aos participantes um ambiente de aproximação entre os municípios, entes federais, especialistas e instituições de fomento ao desenvolvimento regional.

Durante os dias de evento, estão programadas apresentações institucionais, debates entre os prefeitos, exposições de instituições parceiras e uma mostra de produtos que caracterizam as atividades produtivas dos municípios.

A abertura do encontro, na manhã desta segunda-feira (21), será comandada pelo ministro Rogério Marinho, que vai apresentar ações do MDR, envolvendo programas e projetos conduzidos na área de atuação da Sudene – toda a Região Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

A exposição é seguida por um debate entre o ministério, a Sudene e os prefeitos. Pela tarde, serão realizadas apresentações da Sudene, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), do Banco do Nordeste e do Sebrae, com foco nas ações estratégias das instituições para 2022.

No segundo dia, a programação traz painéis temáticos, sendo o primeiro deles com o tema “Rotas da Integração Nacional e fortalecimento de capacidades governativas”.

A exposição conta com a participação do MDR e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

O momento seguinte aborda o assunto “Cidades Inteligentes, conectividade e 5G”, com a presença do MAPA e da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

O encontro do G52 também promove uma mostra de produtos, dando visibilidade às atividades de empreendedores de cada um dos municípios participantes, organizados por estado.

Linhas de crédito e empreendedorismo

Durante o evento, o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) apresentará os resultados das operações do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), uma das maiores linhas de crédito no País para apoio aos microempreendedores, produtores rurais e empresas.

A instituição bancária também vai tirar dúvidas dos prefeitos sobre o acesso aos recursos pelo público. Para 2022, o orçamento disponível para contratação em toda a área da Sudene é de R$ 26,6 bilhões.

Já o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), parceiro da Sudene no evento, dará destaque às ações da instituição para oferecer capacitação aos empreendedores na área da Sudene.
O G52

Os 52 municípios participantes do G52 fazem parte de uma iniciativa da Sudene para, a partir da influência exercidas por estes polos, descentralizar as ações de estímulo à economia, acesso ao crédito e desenvolvimento social, promovendo a interiorização de ações e projetos considerados prioritários.

O G52 foi consolidado a partir do conceito de cidades intermediárias proposto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e constitui a estratégia territorial para viabilização das iniciativas do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE).

Os municípios que integram o grupo representam 6,5% do Produto Interno Bruto nacional e 46% do PIB do Nordeste. Cerca de 20 milhões de pessoas (34,5% da população nordestina) vivem nessas localidades.

Confira os municípios que integram o G52

Alagoas: Arapiraca e Maceió;

Bahia: Barreiras, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Juazeiro, Paulo Afonso, Salvador, Santo Antônio de Jesus e Vitória da Conquista;

Ceará: Crateús, Fortaleza, Iguatu, Juazeiro do Norte, Quixadá e Sobral;

Maranhão: Bacabal, Balsas, Caxias, Imperatriz, Presidente Dutra, Santa Inês e São Luís;

Paraíba: Cajazeiras, Campina Grande, João Pessoa, Patos e Sousa;

Pernambuco: Caruaru, Petrolina, Serra Talhada e Recife;

Piauí: Bom Jesus, Corrente, Floriano, Parnaíba, Picos, São Raimundo Nonato e Teresina;

Rio Grande do Norte: Caicó, Mossoró e Natal;

Sergipe: Aracaju e Itabaiana;

Espírito Santo: Colatina e São Mateus;

Minas Gerais: Governador Valadares, Montes Claros e Teófilo Otoni.

Fonte: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista