Governo do Estado 15/03/2022 11:22

Parceria do Governo com a UFRN cria Centro de Estudos para prevenção a desastres

Iniciativa vai monitorar áreas de risco e atuar em conjunto com o Plano de Contingência

Um Termo de Cooperação assinado nesta segunda-feira (14) vai permitir a criação do Centro de Estudos e Pesquisas sobre Desastres no RN.

O objetivo é estabelecer mecanismos de cooperação técnico-científica nas áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão relacionados à redução de riscos de desastres como enchentes e longos períodos de estiagem.

“Esta é uma iniciativa que muito significa e contribui para a prevenção aos desastres naturais e traz a ciência para nossas ações. Com mais conhecimento vamos poder melhor antecipar e planejar ações que irão beneficiar diretamente a população e a economia evitando danos e perdas”, afirmou a governadora Fátima Bezerra ao assinar o documento que define a cooperação.

Representando a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a professora pós-doutora e pesquisadora Rosimeire Cavalcante avaliou a parceria como “mais uma oportunidade de a instituição federal trabalhar em conjunto com o Governo do Estado”.

Ela ressaltou que a iniciativa também favorece a definição de ações para a restauração e a convivência com o Semiárido e com o bioma Caatinga que representa 90% do território do Estado.

Para o coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, coronel Bombeiro Militar Marcos de Carvalho, a criação do Centro de Estudos e Pesquisas “traz luz e maior conhecimento, ciência e inovação para subsidiar nossas ações e projetos de assistência à população, minimizando efeitos de ocorrências adversas, inclusive em relação às queimadas e incêndios florestais que também estão no foco da parceria”.

O Rio Grande do Norte tem histórico de inundações na planície do Baixo Açu, atingindo a população dos municípios e as atividades econômicas, em decorrência de fortes chuvas como as registradas em 2008/2009/2011.

Os trabalhos vão utilizar a infraestrutura existente de forma compartilhada entre as partes, como bibliotecas, salas de aula, equipamentos de informática, mídia, laboratórios e recursos e instrumentos próprios ao tipo de investigação demandados pelas atividades.

A cooperação tem prazo de vigência de cinco anos.

O Governo do Estado está finalizando um Plano de Contingência Setorial para atender as consequências de eventual inundação em seis municípios do Vale do Açu (Assu, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues, Pendências, Macau e Porto do Mangue).

Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista