Governo do Estado 11/02/2022 06:03

Região do Seridó é cenário de Série da Amazon

Produção conta com participação de artistas potiguares e set de gravação terá base em Parelhas

A governadora Fátima Bezerra vai incentivar e oferecer apoio logístico para gravações da série “Cangaço Novo”, realizada pela Amazon Prime Vídeo em parceria com O2 Filmes.

Parte das filmagens será realizada terras potiguares, especificamente nos municípios de Parelhas, Carnaúba dos Dantas, Equador e Acari, na região do Seridó.

Durante visita de cortesia do produtor Tiago Melo, a governadora Fátima Bezerra recebeu com entusiasmo a notícia.

“É uma alegria imensa descobrir que mais uma vez teremos nosso estado em destaque como cenário de um projeto tão importante como este. Faremos o que tiver ao nosso alcance para colaborar logisticamente com as gravações. Isso é incentivo à cultura e mais geração de emprego e renda para o nosso Seridó, graças ao audiovisual”, destacou.

A série de ação, que ainda tem nome provisório, será filmada nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte e tem previsão de estreia para o primeiro semestre de 2023. A direção é de Aly Muritiba e Fábio Mendonça e a produção conta com diversos artistas potiguares, inclusive a atriz natalense Alice Carvalho.

Após a produção de Bacurau, a séria Cangaço Novo propõe também consolidar a região do Seridó potiguar como cenário de cinema.

Durante as gravações, cerca de 200 pessoas do set de filmagem devem se hospedar nos municípios do Seridó, movimentando assim a economia local.

A série Cangaço Novo retrata a fictícia cidade de Cratará, no Ceará. É um drama que conta a história de Ubaldo, um bancário de São Paulo que volta a Cratará, sua cidade natal, precisando desesperadamente de dinheiro para cuidar de seu pai adotivo, que está doente.

Também participaram da reunião o deputado estadual Francisco do PT; o Secretário de Estado da Segurança e Defesa Social (Sesed), coronel Francisco Araújo; o presidente e o diretor da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto e Fábio Lima, respectivamente; diretor do Departamento de Estrada de Rodagens (DER), Manoel Marques.

Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista