Trânsito 10/02/2022 18:15

Milionário é investigado por dirigir a 417 km/h em estrada na Alemanha

A promotoria em Stendal disse que abriu uma investigação sobre o incidente. O motorista pode pegar uma pena de prisão de até dois anos ou multa, dizem os relatórios.

A Alemanha é famosa por não ter limites de velocidade em trechos de suas rodovias, mas um milionário tcheco que dirigiu a 417 km/h talvez tenha testado o limite do que é tolerável.

Radim Passer agora está sendo investigado por sua aparente condução de um carro ao longo de uma rodovia no Estado da Saxônia-Anhalt.

A promotoria em Stendal disse que abriu uma investigação sobre o incidente. O motorista pode pegar uma pena de prisão de até dois anos ou multa, dizem os relatórios.

O rico proprietário de carros esportivos da República Tcheca postou vídeos do aparente passeio do verão passado em um Bugatti Chiron na A2 entre Berlim e Hanover no YouTube, chamando a atenção para o incidente.

Nos vídeos, o velocímetro do carro parece mostrar uma velocidade de até 417km/h.

Em comentários escritos abaixo do vídeo, Passer diz: “Havia visibilidade ao longo de todo o trecho. A segurança era uma prioridade, então as circunstâncias tinham que ser seguras para prosseguir”.

Ele diz que a velocidade foi atingida às 4h50 de uma manhã de domingo e que já tinha havido percorrido anteriormente aquele trecho da autoestrada.

A polícia iniciou uma investigação depois que a suposta violação foi relatada na imprensa alemã.

De acordo com o código penal, pode haver crime caso motorista “se mova em velocidade inadequada e de maneira que viole grosseiramente o código de trânsito e seja imprudente”.

O ministro dos Transportes, Volker Wissing, condenou a atitude do motorista, observando que, embora não haja limite de velocidade na Alemanha, o carro deve estar sempre “sob controle”, segundo a agência de notícias AFP.

Deu na BBC

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista