Vacina 28/01/2022 07:33

Município dispõe de dez salas de vacina em UBS para público infantil

Apesar da disponibilidade desses dez pontos exclusivos, a maioria da população tem procurado a vacinação nas salas disponíveis em dois shoppings, o Midway Mall e o Partage Norte Shopping, elevando o tempo de espera nas filas. Desde essa quarta-feira (26), quando a Prefeitura do Natal ampliou a vacinação dentro do público infantil, os distritos sanitários aguardam maior demanda. 

A Prefeitura de Natal está com dez salas exclusivas de vacinação para o público infantil, a partir de 5 anos de idade, distribuídas nos cinco Distritos Sanitários da cidade.

Estas salas estão abertas das 8h às 15h e contam os dois tipos de imunizantes disponíveis para as crianças, Pfizer pediátrica e a Coronavac.

Apesar da disponibilidade desses dez pontos exclusivos, a maioria da população tem procurado a vacinação nas salas disponíveis em dois shoppings, o Midway Mall e o Partage Norte Shopping, elevando o tempo de espera nas filas. Desde essa quarta-feira (26), quando a Prefeitura do Natal ampliou a vacinação dentro do público infantil, os distritos sanitários aguardam maior demanda.

Na UBS do Alecrim, 56 doses foram aplicadas na quarta-feira, enquanto no Midway – praticamente no mesmo período, entre 9h e 15h30 – foram vacinadas 149 crianças. No Panatis, Vale Dourado e Bairro Nordeste foram aplicadas em torno de 30 doses e no Planalto e em Ponta Negra, foram aplicadas em torno de 40 doses.

Ana Flávia, mãe de João Lucas, 6 anos, e Carlos Henrique, 7 anos, relatou que fez uma tentativa de vaciná-los no primeiro dia em um dos shoppings.

Ela desistiu e resolveu ir nesta quinta-feira à UBS das Rocas. “Fiquei surpresa ao chegar na UBS das Rocas. Tinham apenas duas pessoas na minha frente. Não demorou nem dez minutos. Foi um atendimento rápido e os profissionais são excelentes. Meus filhos são escoteiros e vão tirar foto com o certificado de vacinação para incentivar outras mães e crianças”, relatou.

A expectativa para José Ramos, administrador da UBS Alecrim, é de que a demanda aumente com a abertura da vacinação para as crianças sem comorbidades.

“Somos uma unidade central, somos referência em vacinação. A vacinação está tranquila e segura, sem filas durante todo período. Temos uma demanda aberta, atendemos qualquer região. Solicito que os pais tragam seus filhos para se vacinarem que serão muito bem recebidos e atendidos”, disse.

Paulo Félix, pai de Pedro Lucas, 7 anos, tomou as três doses na UBS do Alecrim e levou seu filho para tomar a primeira dose no mesmo local, constatando o rápido atendimento.

“Olhei no site da Prefeitura e tinha todas as informações necessárias para vacinar Pedro. Aqui é super tranquilo. Tinha certeza que quando fosse disponibilizada a vacina para meu filho iria vir imediatamente para esta unidade. Segundo Pedro, não doeu nada se vacinar, foi só uma picadinha”, disse.

A enfermeira Cilene Dantas, da UBS Rocas, estima que hoje pode duplicar o número de atendimentos. “Só agora pela manhã vacinamos mais de 30 crianças. Ontem vacinamos 55 crianças, nos dois períodos. Estamos com uma média de, no máximo, 15 minutos de espera e esta espera se deve ao trâmite burocrático em cadastrar as crianças no sistema.”

Cadastro

A SMS reforça para que pais ou responsáveis adiantem o cadastro das crianças e adolescentes no RN Mais Vacina. Lembra ainda que, para a criança se vacinar, é necessário que os pais ou responsáveis apresentem documento comprobatório no caso das imunossuprimidas.

As demais devem apresentar cartão de vacinação, documento com foto ou certidão de nascimento. Todas informações sobre a vacinação na capital podem ser acessadas através do site https://vacina.natal.rn.gov.br/ .

Micheline Silva, mãe de Maria Heloísa, 09 anos, relata que perdeu um parente e que outros adoeceram por causa do coronavírus e não quer que ninguém mais da família pegue a doença. “Tenho dois filhos e agora, estão os dois vacinados. Se eu pudesse diria para todas as pessoas virem se vacinar aqui na UBS do Alecrim. Os funcionários são gentis, atenciosos e foi muito rápido.”

Deu no Portal da PMN

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista