Pandemia 23/01/2022 08:20

Covid-19: Hidroxicloroquina funciona e vacina não, diz Ministério da Saúde

A afirmação foi feita em uma nota técnica assinada pelo secretário Hélio Angotti Neto para rejeitar diretriz do SUS. A informação contraria Anvisa, Conitec e autoridades sanitárias referência em todo o mundo.

O secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Hélio Angotti Neto, assinou uma nota técnica, neste sábado (22/1), que diz que as vacinas contra a covid-19 não possuem efetividade e nem a segurança demonstradas nos ensaios.

Angotti Neto afirma ainda que a hidroxicloroquina, sim, possui eficácia e segurança contra o coronavírus.

A posição vai na contramão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), autoridade máxima sanitária do Brasil e também contraria a posição das principais entidades e autoridades em saúde do mundo, como a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos e a Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

Além das agências atestarem a eficácia e segurança da vacina, todas contra-indicam o uso de medicamentos do kit covid, como cloroquina, ivermectina e hidroxicloroquina contra a covid. Atualmente, outras substâncias como prednisona e ibuprofeno, por exemplo, são indicadas para o tratamento de covid.

Angotti Neto ainda criticou o protocolo da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec).

Segundo ele há uma discrepância no ‘’rigor científico’’ para diferentes métodos de tecnologia. Ou seja, segundo o secretário, a Anvisa teria sido extremamente exigente para avaliar o uso do kit covid e permissiva com relação à aprovação da vacina. “A hidroxicloroquina sofreu avaliação mais rigorosa do que aquela feita com tecnologias diferentes”, publicou no documento.

O secretário disse ainda que a decisão do Conitec em assinar parecer contra o kit covid foi devido um ‘’grande tumulto que pode ter pressionado membros da Conitec”.

Após a divulgação da nota técnica, o secretário Hélio Angotti Neto foi convocado para prestar esclarecimentos sobre a informação na Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal.

Deu em Correio Braziliense

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista