Mortes 01/12/2021 07:40

Ney Lopes Júnior recebe homenagens

Políticos e instituições expressaram suas condolências e homenagens.

Ney Lopes Júnior, ex-prefeito de Natal e ex-vereador, faleceu nesta terça-feira (30) aos 47 anos.

O corpo foi encontrado na sua residência, pela noiva Elidiane Oliveira.

Políticos e instituições expressaram suas condolências e homenagens.

A Prefeitura de Natal decretou luto oficial de um dia. Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre o velório e o sepultamento.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), emitiu nota, em que diz ter recebido “com enorme perplexidade e tristeza a notícia do falecimento do ex-prefeito e ex-vereador Ney Lopes Júnior”.
Álvaro Dias declarou que “conhecia Ney Júnior há vários anos, assim como sua família, principalmente o pai e ex-deputado Ney Lopes e sua mãe, dona Abigail, e posso atestar algumas das suas características, sobretudo a inteligência, o preparo e a vocação para o bem servir.  Ele também teve a oportunidade de fortalecer sua imagem de correção e firmeza no trato da coisa pública em uma passagem como prefeito de Natal, no fim de 2012”.
Dias afirmou, inclusive, que “por reconhecer nele tantos atributos, o convidei mais recentemente a fazer parte de nossa equipe, como diretor do Procon Natal, área em que detinha notória especialização. Tive nele, nesse período, um valoroso colaborador, sempre voltado aos interesses coletivos”.
A nota do prefeito de Natal ainda diz: “Até que me vi como a todos surpreendido pela tão triste notícia da sua passagem à vida eterna. Me solidarizo com todos os seus amigos e familiares por este momento de grande dor. Comunico ainda que decretaremos um dia de luto oficial pelo seu falecimento”.
A Câmara Municipal de Natal (CMN), através de seu presidente e vereador Paulo Freire (PDT), emitiu nota pelo falecimento do ex-vereador Ney Lopes Júnior, que “desde estudante já demonstrava o seu interesse de ingressar na vida pública e começou na política estudantil. Foi o fundador da juventude do DEM (antigo PFL), Secretário Geral Nacional e Presidente no Rio Grande do Norte”.
Na CMN, segundo a nota, Ney Jr “teve uma significativa atuação parlamentar, sendo presidente da Comissão de Justiça, da Comissão de Planejamento Urbano e líder da Prefeitura na Casa. Foi autor de mais de 50 projetos de lei e diversas proposições legislativas”.
“Neste momento de dor, o presidente da Câmara Municipal de Natal, Paulinho Freire, em nome dos vereadores e vereadoras , bem como dos servidores da Casa, dirige seus pensamentos e orações aos familiares e admiradores de Ney Lopes Júnior”, encerra a nota.
O presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), lamentou a morte do “advogado, jovem, defensor da cidadania, de Natal e do Rio Grande do Norte” . “Hoje, o Rio Grande do Norte perde um filho querido. Nós, perdemos um amigo”, disse.
Outros políticos, como os deputados federais  Walter Alves (MDB), Rafael Motta (PSB) e Carla Dickson (PROS), além dos deputados estaduais Albert Dickson e Hermano Morais (PSB) e os Aroldo Alves (PSDB) e Nina Souza (PDT), também expressaram suas condolências.
Vida pública
Ney Lopes Júnior militou na política estudantil no Rio Grande do Norte, foi fundador da Juventude do DEM (antigo PFL), tendo sido secretário geral nacional e seu presidente no Estado.
Como jornalista, apresentou o programa de rádio “Conversando com Ney Lopes Jr” por oito anos,  e “Procure os seus direitos”, na TV Tropical, por seis anos. Também apresentou o programa “De olho na cidade”, na TV Band Natal.
Advogado, jornalista, mestre em Direito Econômico Internacional e pós graduado em Políticas Públicas, Processo Civil, Mediador Judicial. Graduado em Direito na Universidade Mackenzie, de São Paulo (1992/1993) e Universidade de Brasília (1993/1997).
Vereador em Natal entre 2009 e 2012 e 2017/2020, foi vice-presidente da Câmara Municipal duas vezes, líder do governo municipal na Câmara, tendo chegado a assumir o cargo de prefeito de Natal entre 13 e 31 de dezembro de 2012.
Na primeira eleição de vereador, obteve 5.820 votos. No pleito eleitoral de 2016, foi eleito com 3.197 sufrágios. No ano passado, não conseguiu a reeleição, tendo obtido 1.515 votos.
Entre 2013 e 2015 exerceu a chefia do Procon estadual e em 2015 foi diretor do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte.
O pai, advogado Ney Lopes de Souza, foi deputado federal, e a mãe é a professora Abigail de Andrade Souza. Ney Júnior tinha 47 anos, nasceu em 25 de março de 1974, em Natal.
Em uma de suas últimas postagens na conta pessoal do Instagram, dizia que estava “chegando o período natalino. Bateu o olho em dezembro já estaremos em 2022. Mas ainda falta muita coisa para acontecer em 2021. Sigamos em frente, rezando, torcendo e crendo, abraços a todos”.
Deu na Tribuna do Norte
Foto: Canindé Soares
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista