Judiciário 29/10/2021 10:20

Gilmar Mendes vota de dentro do carro em sessão do STF

A assessoria da Corte informou que o ministro votou do carro em virtude de atraso em um deslocamento. Para não ficar sem votar, o ministro se manifestou pelo celular mesmo.

 

 

A pandemia impôs uma nova realidade para o Judiciário. Com as audiências online, muitos advogados passaram a fazer as sustentações orais de casa, já outros… do carro mesmo.

O problema acontece quando os advogados fazem as sustentações enquanto dirigem. No STJ, uma advogada foi advertida pelo ministro Gurgel de Faria, que notou que ela estava dirigindo. Disse então: “pelo jeito ela está dirigindo, não é o momento adequado para se pronunciar”, e frisou: “aqui é um tribunal, não uma pista de corrida.”

Na tarde desta quinta-feira, 28, durante sessão plenária do STF, o ministro Gilmar Mendes proferiu voto de um lugar inusitado: de dentro do carro.

Os ministros julgavam norma sobre a “pejotização” dos profissionais de beleza, e, depois de Lewandowski votar, foi a vez do ministro Gilmar. Do carro, o ministro leu seu voto e, de forma breve, entendeu ser constitucional a lei impugnada.

Por ter sido feita de dentro de um carro, o leitor pode imaginar que a qualidade do vídeo e do áudio do ministro foram prejudicadas. Mas, não. Quem apenas ouviu o voto, podia jurar que o ministro estava na Tribuna da Corte.

A assessoria do Tribunal informou que o ministro votou dessa forma em virtude de atraso em um deslocamento. Para não ficar sem votar, o ministro se manifestou pelo celular mesmo.

Na Bahia, aconteceu algo semelhante. Uma advogada apareceu dirigindo para sustentar em sessão por videoconferência e levou um puxão de orelha da juíza: “as sustentações têm que ser levadas a sério.”

Em Jaraguá do Sul/SC, também aconteceu caso parecido. A autora da ação e seu advogado participaram de dentro de um carro.

Deu em Migalhas

https://www.migalhas.com.br/quentes/354037/gilmar-mendes-vota-de-dentro-do-carro-em-sessao-do-stf

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista