Governo Federal 28/09/2021 12:13

MDR garante recursos para obras de recuperação da orla da praia de Ponta Negra

Ministro Rogério Marinho anunciou o empenho de mais R$ 17,7 milhões para o empreendimento. Investimentos da União podem alcançar até R$ 78 milhões

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), empenhou mais R$ 17,7 milhões para ações de engorda e enrocamento na praia de Ponta Negra, um dos cartões-postais de Natal, no Rio Grande do Norte.
O anúncio foi feito pelo ministro Rogério Marinho durante a apresentação do projeto para as intervenções, nesta segunda-feira (27).

As ações vão fomentar o turismo na capital potiguar e dar mais segurança à encosta da faixa litorânea.

Os investimentos da União no empreendimento poderão alcançar até R$ 78 milhões. Desse total, R$ 75,1 milhões já foram empenhados pelo MDR, sendo que R$ 57,5 milhões foram garantidos desde 2020.

Após a assinatura do termo de empenho dos recursos, o ministro Rogério Marinho enfatizou o potencial impacto que as obras em Ponta Negra poderão levar para o estado.

“A maior e mais importante indústria que o Rio Grande do Norte tem é o turismo. E ela precisa ser respeitada, apoiada e fortalecida. Estamos falando de uma customização que vai mudar a face daquela praia e que vai permitir que quem mora em Natal se sinta à vontade para voltar a frequentar a praia de Ponta Negra”, destacou o ministro.

“E que quem vem nos visitar se sinta confortável não só na sua estadia, mas se sinta confortável em trazer outros visitantes, que geram o que nós queremos, que é circulação de riqueza, geração de empregos e o desenvolvimento econômico como um todo”, ressaltou.

Os recursos serão destinados à construção de muro de contenção de erosões, rampas de acessibilidade e escadas, além da ampliação da faixa de areia ao longo de quatro quilômetros. As obras serão efetuadas pela Prefeitura de Natal. A previsão é que a licitação seja aberta em 16 de novembro, de acordo com o Executivo local.

A chamada engorda da praia de Ponta Negra consiste na ampliação da faixa de areia. Pelo projeto, ela terá 100 metros na maré baixa e de 30 metros a 50 metros quando a maré se elevar.

“Estamos vivendo um momento histórico para a nossa cidade, porque nenhuma obra era tão ansiada e aguardada como a da engorda da praia de Ponta Negra. A principal atividade econômica da cidade é o turismo e 80% dos empreendimentos turísticos estão naquela região. É um impacto enorme para Natal. Estamos fazendo a cidade avançar”, afirmou o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

A orla da praia de Ponta Negra já recebeu investimentos para a execução de parte das obras na região. Uma delas foi o enrocamento ao longo de dois quilômetros da encosta da orla. Agora, mais 1.173 metros da encosta receberão o mesmo tipo de intervenção.

A nova metodologia aprovada pelo MDR consiste na colocação de conjuntos de blocos de pedras ou outro material para proteger o talude contra a erosão das ondas. A obra também será composta por sete escadas, quatro rampas de acesso e 23 dissipadores de energia.

“Esta obra vai mudar a cara do turismo de Natal e do Rio do Grande do Norte. É um momento muito importante para todos os trabalhadores da indústria do turismo da cidade”, reforçou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Rio Grande do Norte, Abdon Gosson.

Fonte: Assessoria
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista