Vacina 10/09/2021 09:30

Biden anunciará obrigatoriedade de vacinação contra covid para funcionários federais

O presidente do Estados Unidos, Joe Biden, ampliará a obrigatoriedade de vacinação contra covid-19 para enfrentar o recrudescimento da pandemia no país.

Em em um novo esforço para controlar a pandemia, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ampliará nesta quinta-feira (9) a obrigatoriedade de vacinação contra a covid-19 para os funcionários federais.

A Casa Branca informou que o presidente fará hoje um discurso no qual apresentará um plano de “seis pontos” para enfrentar o recrudescimento da pandemia no país.

Um deles será a vacinação obrigatória para todos os funcionários e trabalhadores terceirizados em nível federal, revelou à AFP uma fonte familiarizada com o plano, sob condição de anonimato. Atualmente, os trabalhadores do governo devem se vacinar e se submeter a testes periódicos.

“O presidente assinou uma ordem executiva para dar um passo além com essas ações e exigir que todos os trabalhadores do Poder Executivo federal se vacinem”, disse a fonte.

A secretária de Imprensa de Biden, Jen Psaki, disse ontem (8) à emissora CNN que o presidente pressionará para aumentar o número de vacinados e a realização de testes. Contudo, os poderes do chefe de Estado são limitados e não existe nenhum plano para implementar alguma medida como um passaporte nacional de vacinação.

Apesar do êxito inicial do governo Biden no combate à pandemia, o surgimento da variante delta do novo coronavírus, que é mais contagiosa que as outras cepas, fez com que os números voltassem a crescer e chegassem a níveis críticos novamente.

Assim, Biden precisa mudar urgentemente os rumos da pandemia, que volta a trazer incerteza para a recuperação econômica e para o desempenho de seu governo como um todo.

Segundo um funcionário da Casa Branca que também falou sob condição de anonimato, a estratégia envolverá tanto o setor público como o privado.

“Como disse o presidente desde o primeiro dia, sua administração fará o possível para controlar a pandemia”, afirmou o funcionário.

Deu em Correio Braziliense

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista