Comércio 26/05/2021 07:39

Comércio prevê incremento de R$ 15,4 bilhões do 13º do INSS nos próximos meses

É 29% dos recursos do benefício. Prevê “alta moderada” nas vendas

CNC (Confederação Nacional do Comércio) estima que R$ 15,4 bilhões do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vão para o comércio.

Os pagamentos começaram nesta 3ª feira (25.mai.2021) e vão liberar R$ 52,7 bilhões a 31 milhões de pessoas até julho.

A estimativa da CNC foi feita a pedido do Poder360 e mostra que 29% dos recursos do 13º salário do INSS serão usados no comércio. A ajuda não será maior por conta do nível de endividamento das famílias.

Segundo a CNC, 67,5% dos brasileiros têm alguma dívida e parte do 13º salário vai ajudar a quitar esses débitos.

De acordo com o economista-sênior da CNC, Fábio Bentes, os recursos do 13º salário representam uma injeção de 2,3% do faturamento previsto para o setor nos próximos meses.

A expectativa é que esses recursos, somados aos pagamentos do auxílio emergencial, impulsionem as vendas do varejo, sobretudo de bens essenciais como alimentos e medicamentos.

O impulso deve ser sentido principalmente em junho, quando se concentra a maior parte dos pagamentos aos aposentados. Para Bentes, isso provocará uma “alta moderada” do comércio. No 1º trimestre, as vendas do comércio varejista caíram 0,6%, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Deu em Poder360

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista