Lava Jato 12/03/2021 08:29

Leia o resultado da Pesquisa: o Juiz Sérgio Moro foi parcial ou imparcial ao condenar Lula?

Levantamento nacional realizado pelo Paraná Pesquisas

Levantamento nacional realizado pelo Paraná Pesquisas mostra que, para a maioria dos brasileiros, o ex-juiz Sergio Moro agiu com imparcialidade ao condenar o ex-presidente Lula por corrupção e lavagem de dinheiro.

Até mesmo no Nordeste, onde o petista é popular, a maioria (53,3%) acha que Moro foi imparcial.

Os homens acreditam mais na imparcialidade de Sérgio Moro (61,6%), mas mesmo entre as mulheres é expressivo o aval à sua sentença condenatória contra o ex-presidente: 56,8%.

Moro é considerado imparcial em todas as faixas etárias, a começar aquela situada entre 16 e 24 anos: 55,3% absolvem a conduta do ex-magistrado. A certeza de que Moro foi imparcial também se vê entre brasileiros de 25 a 34 anos (57,5%), de 35 a 44 anos (58,3%), de 45 a 59 anos (60,4%) e de 60 anos ou mais (62,3%).

No cômputo geral, o resultado da pesquisa mostra que quase 60% dos entrevistados (59,2%) acham que Moro, que virou ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro três anos depois, foi imparcial ao condenar o ex-presidiário a prisão em regime fechado.

Aqueles entrevistados que acusam o ex-juiz da Lava Jato de parcialidade somam apenas 35,3%, para além do contingente daqueles que não opinaram ou afirmaram não saber o que dizer.

O apoio à imparcialidade de Moro é maior no Sudeste (62,7%), mas também é majoritária no Norte e Centro-Oeste (59%) e no Sul (59,6%).

O Paraná Pesquisas entrevistou 2002 brasileiros de 196 municípios nos 26 estados e no Distrito Federal. O levantamento foi realizado entre segunda-feira (8) e quarta-feira (10).

Veja os números da pesquisa sobre a imparcialidade de Sergio Moro ao condenar Lula:

Deu em Diário do Poder

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista