Uncategorized 05/10/2020 07:32

Descoberta incrível: O que Macau e Curitiba tem em comum

Por Ricardo Rosado de Holanda

Candidato a prefeito de Macau, Zé Antonio Menezes apresentou à Justiça eleitoral um plano de governo copiado em grande parte de outro da Prefeitura de Curitiba, relativo à eleição de 2012.

Candidato a prefeito de Macau, Zé Antonio Menezes apresentou à Justiça eleitoral um plano de governo copiado em grande parte de outro da Prefeitura de Curitiba, relativo à eleição de 2012.

O texto é idêntico em páginas e páginas e pode facilmente ser encontrado na internet. Mais de metade do documento registrado no TRE pelo candidato do DEM é na verdade um plágio onde há trechos em que nem o nome da cidade foi trocado.

Na página 25, por exemplo, o “plano” de Zé Antonio diz: “A administração municipal vai respeitar a diversidade humana no que se refere a gênero, cor, raça e etnia, combater toda forma de discriminação e adotar um conjunto de ações afirmativas em Curitiba”.

As “coincidências” não param.

Ainda na página 26, Menezes diz que vai “garantir atendimento médico de urgência nas UBS para diminuir o fluxo de usuários para os CMUMs e o tempo de marcação de consultas (agendamento)”.

O que são CMUMs?

A resposta está no plano de governo de Curitiba porque são  Centros Municipais de Urgências Médicas que só existem na capital paranaense.

Não existem em Macau.

Ainda falando sobre a saúde dos idosos, Zé Antonio plagiou o texto da Prefeitura de Curitiba inteiro, tirando só o nome da cidade.

O “plano” do ex-prefeito diz: “Atuar junto à saúde suplementar (operadoras de planos de saúde) para melhoria do acesso e da qualidade do atendimento aos usuários deste sistema, considerando-se que, a cada dia, mais pessoas idosas são detentoras de algum tipo de seguro saúde”.

Já o de Curitiba fala: “Atuar junto à saúde suplementar (operadoras de planos de saúde) para melhoria do acesso e da qualidade do atendimento aos usuários deste sistema, considerando-se que em torno de 30% a 40% das pessoas de Curitiba são detentoras de algum tipo de seguro saúde”.

Na página 14, Zé Antonio diz que vai “implementar o Programa ABC – Áreas de Baixo Carbono – por meio da delimitação gradativa de pequenas áreas urbanas para a convivência das pessoas em espaços públicos”. Mas isso é o que está dito na página 20 do Plano de Curitiba.

Fonte: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda

Descrição Jornalista