Cultura 17/09/2020 13:12

Exposição Traços da Liberdade estará no Memorial da Resistência até final do mês

O Memorial da Resistência abre, a partir desta sexta-feira, 18, a exposição Traços da Liberdade. 

O Memorial da Resistência abre, a partir desta sexta-feira, 18, a exposição Traços da Liberdade.

A ação é uma parceria da Sociedade Amigos da Pinacoteca com a Secretaria Municipal de Cultura e trará imagens pintadas a óleo, que retratam homens, mulheres e crianças do Quilombo de Portalegre.

A exposição com oito telas segue até o dia 30 deste mês.

As artes são do médico Etelânio Vieira Figueiredo, que reside em Pau dos Ferros e retratam os remanescentes quilombolas da cidade de Portalegre, cidade que possui três comunidades quilombolas: Pêga, Arrojado e Sobrado.

Até os dias de hoje, a comunidade do Pêga e Arrojado mantém viva a tradição da Dança de São Gonçalo.

O dia de São Gonçalo é festejada em 24 de janeiro na Comunidade quilombola Pêga e Arrojado, a apresentação da Dança de São Gonçalo, é apresentada em 12 jornadas, o grupo de mulheres e homens dançam em homenagem a São Gonçalo, levando a tradição de geração para geração.

A Dança de São Gonçalo, é de origem Portuguesa, foi introduzida no Brasil pelos fiéis do Santo, sendo logo assimilada pelos negros. Uma das únicas autênticas manifestações culturais desse nível no estado do Rio Grande do Norte, está mais precisamente no município de Portalegre.

A comunidade local, autoridades, estudantes e visitantes prestigiam o evento anualmente.

A exposição estará aberta na sala Joseph Boulier, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, sem intervalo para almoço.

Fonte e fotos: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda

Descrição Jornalista