Saúde 28/03/2020 10:12

Senado votará na segunda o abono de R$ 600,00 para informais

O Senado votará, por sessão remota, na próxima segunda-feira, o projeto de renda básica para os trabalhadores informais.

O Senado votará, por sessão remota, na próxima segunda-feira, o projeto de renda básica para os trabalhadores informais.

O texto é um substitutivo do Projeto de Lei 9.236/17, de autoria do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), e prevê um auxílio de R$ 600 por três meses.

Na prática, ajuda atingirá R$ 1,2 mil para grande parte dos beneficiados, pois estipula que mães solteiras recebam em dobro.

Além disso, no caso de famílias em que mais de um membro preencha os requisitos para solicitar o benefício, o valor também será dobrado.

A sessão está marcada para as 16h e é pouco provável que senadores modifiquem ou rejeitem a medida, tida como fundamental para auxiliar o estrato mais carente da população, durante o período de isolamento para conter o alastramento do coronavírus no país.

De licença dos trabalhos, após ter sido testado positivamente para o coronavírus, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), garantiu, pelo seu perfil oficial no Twitter, a votação.

“Diante da importância e necessidade do repasse de R$ 600 a R$ 1,2 mil, por três meses, aos trabalhadores autônomos, o Senado Federal cumprirá o seu papel em nome do povo brasileiro e votará o projeto na próxima segunda-feira, por meio da votação a distância”, postou.

Deu no Correio Braziliense

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista