Artigo 28/02/2020 09:27

“Vai aparecer algum candidato para enfrentar Álvaro Dias”?

Por Ricardo Rosado de Holanda

Esta pergunta aí do título tem sido feita com alguns frequência. Já ouvi de pelo menos cindo interlocutores.

Esta pergunta aí do título tem sido feita com alguns frequência.

Já ouvi de pelo menos cindo interlocutores.

O que significa que, até aqui, a imagem do Prefeito vai bem, tem feito o dever de casa, ocupado espaços em áreas onde não tinha atuação (na cultura, por exemplo), agido com firmeza em pontos polêmicos (o sinal de trânsito equivocado na Hermes da Fonseca, o recente reajuste das passagens de ônibus, para citar dois mais conhecidos).

Defende com muita clareza a reformulação do Plano Diretor da Cidade, sem medo do patrulhamento e da crítica.

Mas é claro que, por melhor que esteja a imagem de Álvaro Dias, ele terá adversários na disputa eleitoral.

Nas minhas contas, bem uns 7 ou 8 candidatos.

Não somente pela incrível quantidade de partidos e o não menos inacreditável número de candidatos a vereador.

Sem as coligações na proporcional os vereadores vão precisar de palanques majoritários.

E a exigência, logo ali, da cláusula de barreira, forçará os partidos a agirem de forma completa.

Há partidos que entrarão pra valer na disputa, outros para compor e ainda aqueles por uma simples figuração eleitoral.

É bom reconhecer também que a oposição ao Prefeito anda meio adormecida ou quase solitária.

Dinheiro não faltará.

É bom a turma confiante no Prefeito Álvaro Dias não entrar no clima do “já ganhou”.

O Prefeito não entrará. Já está passado na casca do alho.

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista