Artigo 28/02/2020 09:13

A volta da Ubaia Doce no Bosque

Por Ricardo Rosado de Holanda

Caminho logo cedo no Bosque dos Namorados há quase 20 anos. Prefiro chegar pela madrugada.

Caminho logo cedo no Bosque dos Namorados há quase 20 anos.

Prefiro chegar pela madrugada.

O local é seguro e tenho a companhia de bem-ti-vi, jacu, cancão, saguis, gatos (muitos gatos soltos e vadios).

Mangabas, mangas e cajus.

E gente.

Há porém uma espécie de planta que havia sumido do Bosque. A última florada que vi foi há pelo menos 6 anos.

É a Ubaia Doce. O chão em alguns trechos do Bosque tá bem amarelinho.

Não sei se é prenúncio de bom inverno.

Tá uma festa.

É comestível, azedinha, nasce nos tabuleiros de quase todo o país e o doce é um manjar.

 

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista