Artigo 13/01/2020 06:35

“A França é um país entregue às corporações”, diz Rogério Marinho

Por

Quem andou disparando o Twitter neste domingo foi o secretário Especial de Previdência e Trabalho, o potiguar Rogério Marinho.

Quem andou disparando o Twitter neste domingo foi o secretário Especial de Previdência e Trabalho, o potiguar Rogério Marinho.

Ele usou o microblog para fuzilar a decisão do presidente da França, Emmanuel Macron, de retirar o aumento da idade mínima necessária para a aposentadoria dos trabalhadores franceses de sua proposta de reforma previdenciária, pressionado por greves.

“Exemplo de país entregue às corporações, e declina paulatinamente para o caos da ingovernabilidade”, tuitou o secretário. “Viva o Brasil”, completou ele.

Já com os grilos da Amazônia Macron anda muito preocupado.

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista