18/12/2019 15:24

No Brasil, 1 em cada 4 garrafas de uísque vendida é falsificada

O mercado ilegal de bebidas alcoólicas pode significar uma ameaça para a saúde dos brasileiros. Enquanto são produzidos, em média, 1,1 bilhão de litros por ano, a estimativa é de que pelo menos 160,6 milhões de litros (ou 14,6%) sejam ilegais e comercializados sem controle de qualidade.

mercado ilegal de bebidas alcoólicas pode significar uma ameaça para a saúde dos brasileiros. Enquanto são produzidos, em média, 1,1 bilhão de litros por ano, a estimativa é de que pelo menos 160,6 milhões de litros (ou 14,6%) sejam ilegais e comercializados sem controle de qualidade.

Uma em cada quatro garrafas de uísque e uma em cada cinco garrafas de vodka vendidas no país contêm substância ilícita.

Além disso, as práticas clandestinas, que englobam casos de contrabando e falsificação, diminuem a capacidade de arrecadação do governo federal.

Somente em 2017, último ano com dados disponíveis, R$ 10,2 bilhões em impostos deixaram de entrar nos cofres públicos.

Os números fazem parte de um estudo elaborado pelo Euromonitor International, a pedido de quatro empresas do setor, apresentado nesta segunda-feira (16/12) pelo Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac).

Segundo o levantamento, o valor movimentado de forma ilegal seria suficiente para pagar o salário de 83 mil enfermeiras e construir mais de 5,2 mil escolas e 360 hospitais. Do total de R$ 10,2 bilhões, mais da metade (R$ 5,5 bilhões) foi desviado devido a atos ilícitos envolvendo a produção e a venda de bebidas destiladas, como cachaça, uísque e vodka.

Para o diretor executivo da Ibrac, Carlos Silva, a alta carga tributária no setor é a principal justificativa para a ilegalidade.

Encargos como IPI, ICMS e PIS/Cofins correspondem a  aproximadamente, 50% a quase 90% dos preços das bebidas alcoólicas. Segundo ele, considerando impostos diretos e indiretos, apenas sobre a cachaça, 82% do preço final de venda de uma garrafa é composto de tributos.

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista