29/11/2019 10:25

Taxa de desemprego cai para 11,6% no trimestre, diz o IBGE

A taxa de desemprego ficou em 11,6% no trimestre encerrado em outubro deste ano, apresentando leve recuo em relação ao percentual apurado no trimestre móvel anterior (julho-agosto-setembro), que foi de 11,8%.

A taxa de desemprego ficou em 11,6% no trimestre encerrado em outubro deste ano, apresentando leve recuo em relação ao percentual apurado no trimestre móvel anterior (julho-agosto-setembro), que foi de 11,8%.

Em comparação com o mesmo período de 2018, a queda foi de 0,1 ponto percentual.

No total, são 12,4 milhões de desempregados.

Os dados são da PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), divulgada nesta 6ª feira (29.nov.2019) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Eis a íntegra.

Apesar da redução de 0,2 p.p. na taxa de desemprego em relação ao último estudo, o IBGE considera que houve estabilidade. Segundo a analista de pesquisa do órgão, Adriana Beringuy, isso está relacionado “a 1 crescimento menor da população ocupada no trimestre móvel encerrado em outubro”. São, no total, 94,1 milhões pessoas ocupadas, número 0,5% maior em comparação com o trimestre anterior.

O número de pessoas trabalhando sem carteira de trabalho assinada ou por conta própria bateu novo recorde.

Os primeiros chegaram a 11,9 milhões de pessoas, quantidade estável em relação ao trimestre anterior mas 2,4% maior se comparada com o mesmo período de 2018. Já os autônomos são 24,4 milhões, alta de 3,9% em relação ao mesmo trimestre do ano passado.

Por outro lado, são 33,2 milhões de empregados com carteira assinada no setor privado, número estável na comparação trimestral e anual.

Deu em Poder360

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista