Sem categoria 09/08/2017 08:59

Gilmar Mendes diz que MPF virou "terra de ninguém"

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a criticar na tarde desta terça-feira a atuação do Ministério Público. Durante um julgamento na Segunda Turma, o ministro afirmou que a Procuradoria-Geral da República mantém 2.800 procedimentos de investigação criminal sem qualquer controle do Judiciário.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a criticar na tarde desta terça-feira a atuação do Ministério Público.
Durante um julgamento na Segunda Turma, o ministro afirmou que a Procuradoria-Geral da República mantém 2.800 procedimentos de investigação criminal sem qualquer controle do Judiciário.
– Isso virou um pouco terra de ninguém. Hoje há um festival de investigações sem controle judicial. Fala-se que há 2.800 procedimentos de investigação criminal sem nenhuma figura de controle – acusou o ministro.
Gilmar também disse que o Ministério Público teria instalado escutas telefônicas no Distrito Federal de forma ilegal.
– Todos os que têm poder tendem a abusar deles. É o que estamos verificando – declarou.
Na última segunda-feira, Gilmar já havia feito duras críticas ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a quem classificou como “o mais desqualificado da história da Procuradoria”.
Deu no Correio Braziliense

 
Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista