Sem categoria 21/06/2017 09:32

O direito agora é de quem acusa

Por fatorrrh_6w8z3t

A delação premiadíssima que Joesley Safadão, corruptor da JBS, recebeu de Rodrigo Janot e de Edson Fachin foi além do inimaginável. Deu uma anistia ampla, geral e irrestrita. Mais do que isso. Quase uma condição de intocável e santo.

A delação premiadíssima que Joesley Safadão, corruptor da JBS, recebeu de Rodrigo Janot e de Edson Fachin, foi além do inimaginável.
Deu uma anistia ampla, geral e irrestrita.
Mais do que isso.
Quase uma condição de intocável e santo ao bandidão das carnes.
Ele prova hoje que a carne é forte.
Joesley Safadão deu uma entrevista para a revista Época e chamou o Presidente da República de “chefe de quadrilha”.
O Presidente sentiu-se agredido e entrou na Justiça com denúncia por calúnia, injúria e difamação.
A Justiça deu razão a Joesley Safadão, afirmando que ele pode dizer essas coisas.
O Brasil anda tão doido que nem ficar injuriado e processar alguém é um direito.
O direito é de quem acusa.
Não precisa provar nada.
 

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista