Sem categoria 12/05/2017 05:42

Ainda sobre Educação

Amigos... O que se ouve diariamente nos jornais televisivos, são os problemas da Saúde, Segurança, Educação, entre outros. E todos, decorrentes, pelo menos para mim, de uma educação que deixa muito a desejar. Recordo-me de um trecho de uma palestra que assisti de José Pastore, proferida em 2010, em um evento em São Paulo, quando ele falou o seguinte: “Na Constituição do Brasil, a palavra DIREITO aparece 74 vezes, enquanto a palavra DEVER aparece 04. A PRODUTIVIDADE 02 vezes e a EFICIÊNCIA 01 vez. O que se pode fazer com um país que tem 76 Direitos, 04 Deveres, 02 Produtividades e 01 Eficiência”.

Amigos… O que se ouve diariamente nos jornais televisivos, são os problemas da Saúde, Segurança, Educação, entre outros. E todos, decorrentes, pelo menos para mim, de uma educação que deixa muito a desejar.
Recordo-me de um trecho de uma palestra que assisti de José Pastore, proferida em 2010, em um evento em São Paulo, quando ele falou o seguinte: “Na Constituição do Brasil, a palavra DIREITO aparece 74 vezes, enquanto a palavra DEVER aparece 04. A PRODUTIVIDADE 02 vezes e a EFICIÊNCIA 01 vez.
O que se pode fazer com um país que tem 76 Direitos, 04 Deveres, 02 Produtividades e 01 Eficiência”.
Então, é óbvio que, para a solução de determinados problemas, como educação, por exemplo, o buraco é mais embaixo, como dizíamos antigamente. Os problemas não serão resolvidos tão facilmente.
Disse Alfred Marshall: “A essência do desenvolvimento é a formação do capital humano”.
Entendendo que a primeira lei da natureza é a tolerância, uma vez que todos nós temos uma porção de erros e fraquezas, precisamos querer fazer, querer sair de um contexto que, se não é ruim – educação – indiscutivelmente precisa muito de ser melhorado.
Alguém escreveu: “A luz vem ao mundo não para zombar das trevas, mas para iluminá-la”
Transcrevo um trecho de um artigo – A Construção de um nome – escrito por Max Gehringer, que diz: “No Evangelho de São João está escrito que a primeira providência que Jesus de Nazaré tomou ao iniciar a sua vida pública, foi a de fazer o povo acreditar em seu nome. Os milagres vieram depois”.
Então, amigos, precisamos acreditar que é possível mudar o contexto atual da educação. Tenho certeza que trabalhando, os resultados virão…
Josenilson Dantas (Mano)

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista