Sem categoria 21/07/2014 11:31

Promotor é contra o auxílio-moradia do MP. Mas recebe

Por fatorrrh_6w8z3t

Deu no Portalnoar

Por Dinarte Assunção

O promotor Augusto Carlos Rocha de Lima, responsável pelo Centro de Apoio Operacional do Patrimônio Público, manifestou-se contrário ao pagamento de auxílio-moradia no âmbito do MPRN na última reunião do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (Marcco).
O posicionamento passaria longe de questionamentos não fossem por dois motivos: o próprio promotor recebe o benefício. Além disso, ele foi enviado à reunião pelo procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, principal defensor, propositor e responsável pela implementação do auxílio-moradia.
Procurado pela reportagem, ele se negou a comentar seu posicionamento na reunião. “As opiniões individuais dos membros do Marcco não interessam”, disse. Quando indagado se recebia o auxílio, ele respondeu que os dados podiam ser consultados no Portal da Transparência do MPRN.
Consultado, o Portal da Transparência não deixa dúvidas: no mês de junho, Augusto Carlos embolsou R$ 1.200,00 relativos ao benefício.
Contestado
O auxílio-alimentação do MPRN está sendo contestado do Tribunal de Contas do Estado em razão de sua natureza. O benefício deveria ter caráter indenizatório, mas está servindo para inflar a folha salarial do MPRN. Dos 240 membros do paquet, 206 recebem o auxílio.

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista