Sem categoria 25/06/2014 10:45

Nem a pau, Juvenal

Por fatorrrh_6w8z3t

O Palácio do Planalto entendeu o altíssimo nível de insatisfação do Legislativo com o decreto de Dilma Rousseff estabelecendo que o governo deve consultar conselhos populares sobre ações da administração federal. Gilberto Carvalho foi encarregado de contornar o problema.
Carvalho reuniu-se ontem com Renan Calheiros e se colocou à disposição para ir ao Congresso debater o a medida. Não por acaso. Na Câmara e no Senado já foram apresentadas propostas para derrubar o decreto de Dilma.
Gilberto Carvalho sugeriu que, durante a tramitação desses projetos, o Senado faça audiências públicas sobre o tema. Além disso, já marcou uma visita com Henrique Eduardo Alves, na terça-feira de manhã. Foi nos alvos certos.
Tanto Renan como Henrique Alves bateram publicamente na decisão de dar poderes aos conselhos populares por meio de um decreto, em vez de incluir o Parlamento na discussão, enviando um projeto de lei ao Congresso.
Henrique Alves continua entalado:
– Na terça-feira, vou ouvir o ministro e reiterar o que penso. No fim da reunião, vou tomar uma decisão, ver o que vou fazer sobre isso.
Deu em Lauro Jardim

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista