Sem categoria 03/06/2014 04:31

Novo aeroporto está cheio de falhas

Por fatorrrh_6w8z3t

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN), a empresa responsável pela administração do novo aeroporto de São Gonçalo do Amarante (Inframerica) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) definiram, na tarde desta segunda-feira (2), os prazos para que sejam tomadas as medidas necessárias à solução dos problemas sanitários verificados no novo aeroporto.
A reunião entre a procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Caroline Maciel, e representantes da agência começou por definir as medidas necessárias ao adequado funcionamento do novo aeroporto, do ponto de vista sanitário, que irão possibilitar a emissão de um atesto provisório por parte da Anvisa.
Posteriormente, os representantes da Inframerica foram consultados e concordaram com as providências e os prazos estabelecidos.
A Inframerica terá sete dias para providenciar o isolamento da vegetação da área do restaurante;
30 dias para concluir a estrutura física da Central de Resíduos Sólidos;
45 dias para instalar sistema que garanta segurança sanitária da água para consumo humano;
e 60 dias para construir banheiros para uso dos trabalhadores do Posto Médico.
Fonte: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista