Sem categoria 26/03/2014 05:49

Oposições já contam com assinaturas suficientes para a CPI da Petrobras

Por fatorrrh_6w8z3t

Parece inevitável a derrota do governo em relação à criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a compra pela Petrobras da refinaria de Pasadena, no Texas (EUA), em 2006.
Na Câmara, a oposição diz ter 173 das 171 assinaturas necessárias, enquanto o Senado contabiliza 28 das 27 adesões.
“Vamos compilar os dados nesta quarta (26), mas já acreditamos em número superior à 190 assinaturas”, estima o líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR).
O governo mandou os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais) ao Congresso para reverter a situação. Não conseguiu. Os partidos aliados prometem apoio à proposta.
Por enquanto, o líder do PP na Câmara, Eduardo da Fonte (PE), pediu à bancada para não assinar o requerimento. É questão de tempo para haver dissidência. O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) já avisou que vai apoiar a criação da CPI.
No PSB, os deputados aguardavam uma definição do pré-candidato à Presidência da República e governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).
Campos conversou, por telefone, com os líderes do partido na Câmara, Beto Albuquerque (RS), e no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF). A orientação é assinar o pedido. A bancada obedeceu. Albuquerque anunciou que os 23 deputados socialistas já apoiaram o requerimento.
Na conversa, o governador avisou que o seu partido deve evitar entrar na disputa entre o governo e a oposição, essa última comandada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG). Segundo Campos, trata-se de uma CPI em favor do Brasil, não uma disputa partidária.
No PSDB, os 43 deputados já assinaram o pedido.
Quem surpreendeu foi o PMDB. O líder na Câmara, Eduardo Cunha (RJ), liberou a bancada para aderir à proposta de CPI. Pelo menos 28 deputados do PMDB já assinaram o requerimento de criação da CPI. Há promessa de que outros vão no mesmo sentido.
Os partidos que não assinaram são: Psol, PT, PTB, PRP, PCdoB e PT do B. No caso do Psol, a tendência é que os três deputados assinem o requerimento.
Os partidos cujos deputados assinaram são: DEM (26), PDT (1), PMN (2), PP (1), PR (4), PRB (1), PROS (3), PSC (4), PSD (3), PV (1), Solidariedade (22).
O governo desafiou o Congresso. Saiu derrotado. Vai precisar negociar, o que não vem fazendo, para evitar maiores desgastes.
Deu em O Globo
 

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista