Sem categoria 25/03/2014 10:24

Viva a Boa-Fé

Por fatorrrh_6w8z3t

Deu no Portalnoar
Por François Silvestre
A boa-fé é muito mais do que um instituto jurídico.
É um agregado do caráter.
Pena que alguns só a considerem neles próprios, negando aos seus perseguidos o benefício da dúvida e fazendo estardalhaços midiáticos, muitas vezes enxovalhando a honra alheia.
Sem qualquer cautela, que permita ao agredido pelo menos a espera do contraditório. O Procurador-Geral de Justiça assegura que o Ministério Público agiu de boa-fé nesse episódio da compra de um imóvel imprestável para a finalidade a que se destinaria.
Acredito nele. Não vejo por que duvidar.
O MP está sentindo o gosto amargo do seu próprio mau hábito em não considerar a boa-fé naqueles que ele mesmo conhece pela história de vida. E sem cerimônia faz alarde, ao lado de interesses midiáticos, desrespeitando a dignidade da pessoa humana, estuário pétreo da Constituição Federal.
Veja o que ele disse em matéria de Ciro Marques, no Portal JH:
“Não posso dizer que, se fosse eu, teria tomado outro cuidado diferente daquele que foi tomado na compra do imóvel. Não tenho como apontar nenhum erro ou falhas”, afirmou Rinaldo Reis.
“Pela documentação que temos, tudo demonstra que houve lisura e boa fé”.

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista