Sem categoria 14/01/2014 06:53

Estudante ganha dinheiro vendendo ar enlatado

Por fatorrrh_6w8z3t

montcuqPor 5,50 euros (cerca de R$ 18), um estudante francês vende na web 250 ml de ar enlatado.
Antoine Deblay, de 22 anos, recorreu a um site onde pessoas doam dinheiro a causas com as quais simpatizam, o chamado “crowdfunding”, para levantar o montante que precisava para “lançar” o ar de Montcuq, nome do lugar onde ele nasceu. As vendas são feitas para a Europa e até para os Estados Unidos, diz ele.
Com as colaborações, Deblay afirma ter arrecadado 800 euros (R$ 2,5 mil) em algumas semanas, o suficiente para criar uma página na internet, bancar as embalagens e começar as vendas.
Ao site “Business Insider”, o estudante diz que recebeu mais de 1.000 pedidos em 3 semanas.
“Claro que eu sabia que iria vender, mas não tanto em tão pouco tempo”, afirma. Segundo ele, a margem de lucro é de 60%.
O sucesso do produto seria explicado por conta da dupla interpretação de seu nome, “ar de Montcuq”. Em francês, a pronúncia de Montcuq pode confundida como a de “mon cul”, algo como “meu traseiro”. Deblay diz estar acostumado com piadas com o nome de sua cidade. “Pensei: por que não fazer uma brincadeira com as palavras e colocar o ar fresco de Montcuq à venda em uma lata”, disse ao tabloide britânico “Daily Mail”.
O estudante aproveita para colocar instruções curiosas na embalagem: “O ar fresco do Montcuq é 100% orgânico, faz você mergulhar nas profundezas da cidade para refrescar suas ideias. É ideal para quando você precisa de uma inspiração criativa. Atenção: o conteúdo não pode ser substituído; consuma de uma só vez. Não deixe aberto”.
No site, Deblay diz que não quer deixar Montcuq sem ar e limita amostras de ar: 10 litros por semana.
O “Business Insider” diz que recebeu uma lata como cortesia e que, ao abrir, ela cheirava a nada.
Deu no G1

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista