Sem categoria 10/12/2013 21:04

Rosalba não comenta decisão do TRE

Por fatorrrh_6w8z3t

Deu no Portalnoar
Por Ciro Marques e Dinarte Assunção
O que Rosalba Ciarlini (DEM) achou da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que na tarde de hoje (10) determinou o afastamento dela do cargo por irregularidades praticadas nas eleições de Mossoró? Nada. Em contato com a assessoria de comunicação da governadora, minutos depois da decisão, ela confirmou que não responderá ou comentará a decisão. “Isso ficará com os advogados dela”, afirmou o secretário de Comunicação, Paulo Araújo.
Pelo menos, o advogado dela, Thiago Cortez, se pronunciou sobre o assunto. Revelou que estranhou a decisão do TRE, sobretudo, porque eles julgaram e decidiram por algo que nem estava na sentença inicial, da juíza da 34ª zona eleitoral, Ana Clarisse Arruda.
“Não entendemos essa decisão porque foi julgado algo que nem estava no processo. A sentença não fala de inelegibilidade de Rosalba, muito menos de afastamento”, afirmou Felipe Cortez, logo após o julgamento, confirmando também o objetivo de recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com pedido de efeito suspensivo para manter a governadora no cargo até o julgamento do mérito.
Realmente, a sentença não trata do assunto, apesar de condenar Rosalba Ciarlini como litisconsorte passivo do processo por ela ter utilizado o avião oficial do Governo do Estado para ir a campanha eleitoral de Mossoró participar de eventos de cunhos eleitorais de Cláudia Regina e Wellington Filho. Quando fala de inelegibilidade de oito anos, no entanto, aponta a punição como sendo, apenas, para a dupla de gestores mossoroenses e não inclui Rosalba.
Na decisão do TRE, a maioria dos juízes decidiram pelo afastamento da governadora Rosalba Ciarlini por conduta vedada na campanha eleitoral de 2012, pela Prefeitura de Mossoró, ou seja, quando nem candidata era. Na decisão da Corte, foi determinada também a comunicação do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS), para que ele emposse de forma imediata o vice-governador, Robinson Faria (PSD).

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista