Sem categoria 10/11/2013 08:53

Até anestésico veterinário se consome nas baladas

Por fatorrrh_6w8z3t

maconha-homem-fumandoEntre as drogas ilícitas, maconha (5,5%) e ecstasy (2,2%) são as mais consumidas em baladas não GLS.
Em casas noturnas “gay friendly”, as proporções de consumo são maiores. Lá, ecstasy (9,3%) e ketamina, 8,2%), um anestésico veterinário, lideram.
“A ketamina é uma porrada. É uma droga despersonalizante, que te faz se sentir outra pessoa. Não chega a produzir alucinações mas distorce a realidade”, diz Xavier, também diretor do Proad (Programa de Orientação e Assistência a Dependentes).
Ele afirma que o estudo é uma “bússola” inédita para “pensarmos no que deve ser feito em termos de prevenção” em todo o país.

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista