Sem categoria 16/10/2013 04:14

Autora do projeto não gostou do resultado

Por fatorrrh_6w8z3t

Para a vereadora Amanda Gurgel (PSTU) todos os argumentos da Prefeitura para o veto são incoerentes.
“Nosso projeto está em absoluta compatibilidade com a Lei Orgânica do Município e não tem qualquer vício de iniciativa nesse projeto. Os argumentos jurídicos são improcedentes. O prefeito poderia ter vetado parcialmente o projeto e adequado ao que ele defende estar dentro dos limites da Prefeitura”, argumentou.
O vereador Sandro Pimentel (PSOL) disse que entrará na justiça pedindo o cancelamento da sessão.
“Qualquer proposição tem que ter pelo menos 24 horas após a leitura e o projeto foi lido e votado hoje. Vamos tomar nossas providências legais para anular esta sessão”, informou.
Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista