Sem categoria 26/04/2013 04:53

Felipe Maia quer orçamento impositivo

Por fatorrrh_6w8z3t

Para garantir que os recursos das emendas parlamentares cheguem aos municípios, o deputado Felipe Maia (DEM) defendeu a implementação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 565/2006, que estabelece o Orçamento impositivo.
A proposta torna obrigatória a execução das chamadas emendas individuais, em que cada deputado e senador têm R$ 15 milhões anuais para destinarem aos municípios.
De acordo com o deputado, os parlamentares têm hoje a prerrogativa de enviar recursos para os municípios.
Dessa forma, as emendas são destinadas para itens específicos, tais como aquisição de ambulância, medicamentos, implementos agrícolas, calçamento de ruas e construção de quadras esportivas.
No entanto, no modelo atual o Poder Executivo pode decidir a respeito da execução do Orçamento, independente das metas fixadas pelo Congresso.
Com isso, as emendas são contingenciadas e, ao final do ano, muitas ficam nos restos a pagar, podendo ser canceladas. Em 2011, apenas 33% das emendas parlamentares foram empenhadas. Em 2012, 40%.
“O Orçamento é uma peça de ficção. Estabelecemos os valores das emendas e elas não chegam ao destino.
Sofre o prefeito que conta com esse recurso e a população que espera o posto de saúde, a reforma na escola, mas o dinheiro para isso nunca chega”, disse.
Fonte e foto: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista