Sem categoria 25/04/2013 05:43

Setor da construção completa um ano sem crescer, diz CNI

Por fatorrrh_6w8z3t

A atividade na indústria da construção completou em março um ano sem crescimento.
O nível de atividade do setor caiu pelo quinto mês consecutivo, com indicador de 48,9 pontos no mês passado, puxado pelas pequenas e médias empresas.
As informações são da Sondagem Indústria da Construção, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quarta-feira (24). Os indicadores variam de zero a cem.
Valores abaixo de 50 indicam queda da atividade ou atividade abaixo do usual.De acordo com a pesquisa, o desaquecimento da indústria da construção fica claro no indicador de atividade em relação ao usual, que está abaixo dos 50 pontos desde maio de 2012 e, em março último, atingiu 45,2 pontos, o menor nível da série.
“O segmento claramente não passa ileso à desaceleração da economia brasileira”, assinala a Sondagem. “Para os próximos meses, o cenário é incerto, e não há sinais claros de reversão.”
A utilização da capacidade de operação (UCO), que mede o volume de recursos, mão de obra e maquinário usado pelas empresas, ficou estável nos 70%, o mesmo nível de março do ano passado. Segundo a pesquisa, essa estabilidade na UCO, combinada com a queda na atividade, se explica pela redução nos fatores de produção, como máquinas, equipamentos e empregados.
O indicador de número de empregados vem mostrando redução desde novembro de 2012. Em março, esse indicador atingiu 48 pontos, abaixo, portanto, da linha dos 50 pontos, sinalizando redução do quadro de pessoal.
Deu no Portal da CNI

Ricardo Rosado de Holanda



-

Descrição Jornalista