Sem categoria 18/04/2013 06:08

DEM lança o "promessômetro"

Por fatorrrh_6w8z3t

Cerca de 74% das promessas feitas pela presidente Dilma Rousseff para 2011 e 2012 não foram cumpridas.
Levantamento realizado pelo Democratas mostra que compromissos assumidos como a construção de ferrovias e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) não chegaram a 20% de execução no período.
Com o intuito de avaliar o desempenho do governo federal o partido lançou, nesta quarta-feira (17), o “Promessômetro”, ferramenta criada para monitorar as ações e omissões do Executivo.
A organização das promessas foi feita avaliando o programa apresentado pelo PT ao Tribunal Superior Eleitoral e a mensagem que a presidente enviou ao Congresso Nacional em fevereiro de 2011.
“Foi um trabalho minucioso de pesquisa em que a escolha das promessas que serão acompanhadas foi feita pela relevância ao país. Estamos cumprindo de forma competente nosso papel de fiscalizar o governo”, explicou o deputado Felipe Maia (DEM).
De acordo com o estudo, uma das promessas da presidente da República foi a construção de seis mil creches, com investimento de R$ 7,6 bilhões.
Nos primeiros dois anos deveriam ter sido investidos R$ 3,8 bilhões, mas somente R$ 1,29 bilhão foi repassado e apenas mil creches foram construídas, 67% a menos do previsto.
O levantamento ainda mostrou que entre as promessas estava a abertura de 2.883 postos de polícia comunitária, com investimento de R$ 1,6 bilhão. Entretanto, até agora nem um real foi investido e os postos policiais não saíram do papel.
“Vivemos um período de poucas ações efetivas para o desenvolvimento do país e a segurança da população. Esse é um governo de promessas e propagandas”, disse Felipe Maia.
Fonte: Assessoria

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista