Jornalismo 26/05/2021 14:22

Nota de pesar pelo falecimento do jornalista e escritor João Batista Machado

O Tribunal de Contas do Estado emitiu nota de pesar pelo falecimento do jornalista e escritor João Batista Machado:

O Tribunal de Contas do Estado emitiu nota de pesar pelo falecimento do jornalista e escritor João Batista Machado:

NOTA DE PESAR

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) manifesta profundo pesar pela morte do jornalista e escritor João Batista Machado, 77 anos, ocorrida nesta quarta-feira (26), após 3 anos de tratamento contra o câncer e acometido, recentemente, pela Covid-19.

Machadinho, como era conhecido entre amigos, familiares e colegas, foi durante décadas uma referência no jornalismo político do Rio Grande do Norte, ocupando por 14 anos, entre 2000 e 2014 a direção da Assessoria de Comunicação do TCE-RN, inclusive durante as duas primeiras gestões do presidente Paulo Roberto Alves.

Natural de Assu, João Batista Machado iniciou suas atividades profissionais no jornal Tribuna do Norte e, posteriormente, no Diário de Natal/O POTI, na década de 60.

Foi Secretário de Imprensa do Governo do Estado, gestão do governador Tarcísio Maia, no período de 1977/1979. Em seguida, exerceu idêntico cargo na Prefeitura de Natal, na administração do prefeito José Agripino (1979/1982). Também foi secretário de Imprensa no governo José Agripino (1983/1986) e nas gestões de Radir Pereira e Vivaldo Costa.

Foi correspondente do jornal O Globo (RJ) e redator da agência Dumbo Publicidade e assessor de Imprensa da Federação do Comércio, do sistema SESC/SENAC, todos antes do período no Tribunal de Contas. Era sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico e membro da Academia Norte-Riograndense de Letras.

Experiente observador da cena política, Machadinho escreveu diversos livros sobre jornalismo e política, entre eles “Bastidores do Poder – Memórias de um repórter”, onde conta os bastidores da sua atuação como repórter e assessor de imprensa.

Deixa a viúva, jornalista Salésia Dantas, dois filhos e sete irmãs.

Consternados pela irreparável perda, membros e servidores do Tribunal de Contas prestam suas condolências a familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista