Empresas 27/02/2020 05:00

Produtividade das oficinas de costura será conhecida em março

Os resultados na melhoria dos indicadores de produtividade e competitividade de 22 oficinas de costuras que integram a cadeia de valor da Hering no estado serão apresentados pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, durante o evento de encerramento do projeto.

Os resultados na melhoria dos indicadores de produtividade e competitividade de 22 oficinas de costuras que integram a cadeia de valor da Hering no estado serão apresentados pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, durante o evento de encerramento do projeto.

A solenidade está programada para o dia 18 de março, quando serão consolidados os principais índices na área de gestão baseados nos critérios do Modelo de Excelência da Gestão (MEG) da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

O projeto de Encadeamento Produtivo da Hering é uma ação desenvolvida pelo Sebrae-RN, Sebrae-SC, Sebrae-GO e a Fundação Hermann Hering para melhoria da competitividade e produtividade das empresas do setor têxtil que atendem a companhia nesses três estados.

O programa vem sendo executado desde 2018 e, no Rio Grande do Norte, as empresas participantes receberam capacitação na área de gestão, com ênfase em pessoas, planejamento estratégico, marketing, finanças e melhoria produtiva com foco no lean manufacturing.

“Através do projeto, essas empresas tiveram a oportunidade de implementar e monitorar indicadores de desempenho. E isso é essencial para uma pequena empresa que absorve demandas de uma companhia de grande porte, que está muito alinhada com os parâmetros de exigência de qualidade.

Além disso, esses indicadores são decisivos para tomada de decisão mais assertiva”, explica a gestora do projeto no RN, Verônica Melo.

No Rio Grande do Norte, participam da iniciativa oficinas de costura instaladas em várias regiões do estado, principalmente dos municípios de Assú, Brejinho, Bodó, Ceará-Mirim, Cero Corá, Jardim do Seridó, Cruzeta, Coronel Ezequiel, Ouro Branco e Vera Cruz.

Encadeamentos são elos de ligação, que fortalecem as empresas em uma cadeia sólida e eficaz. Eles têm como objetivo adequar as pequenas empresas aos requisitos das grandes e facilitar a realização de negócios entre elas, melhorando assim a competitividade.

Para a Fundação Hermann Hering, a parceria com Sebrae proporciona uma metodologia que possibilita transformação, mudança de atitude, empreendedorismo e protagonismo de uma extensa rede de pequenas empresas que geram empregos e contribuem para a economia local.

Deu no Portal do Sebrae

Ricardo Rosado de Holanda



Descrição Jornalista